Paris: 5º dia – Musée du Louvre

1 nov

Acabei indo dormir pra lá das 3 na noite passada. Hoje acordei às 8 e fui direto ao Musée du Louvre. Cheguei lá às 9h10, sendo que ele abre as 9h00 e já tinha bastante gente. O metrô que eu peguei (linha 1) tem uma estação dentro da Pirâmide de Vidro e eu desci lá. Assim que cheguei, queria gravar um vídeo para expressar minha indignação com os ares de shopping center daquele lugar. Sempre imaginei que dentro da Pirâmide o clima fosse mais… sério, sei lá. Mas não, é como um shopping center: várias lojas e pessoas andando quase que como zumbis. Mas aí minha câmera não ligou e eu fiquei desesperada, até que percebi que tinha esquecido a bateria dentro do carregador! DEEEEEEEEEER. Bom, no fim das contas isso não foi nada de mais e eu até preferi passear sem tirar foto nenhuma, ao contrário de todas as outras pessoas.

Hey Pípol, é o seguinte: tem foto de todas as obras do Louvre na internet! Não precisa fotografar tudo não! #fikdik

Taí. 

Como hoje é feriado de Todos os Santos, a maioria das coisas está fechada. O Louvre e o Musée d’Orsay, que são os maiores e mais importantes daqui, grandes atrações turísticas, ficam abertos. Então, dá pra imaginar que todos os turistas estavam num dos dois né? Incluindo minha pessoinha 😀

Cheguei e encontrei uma fila enorme e fui lá. Por sorte logo encontrei uma funcionária dando informações pras pessoas da fila e descobri que eu podia passar por outra entrada (são várias),na qual não tem filas! (Portes des Lions) Eu não pago entrada, por que dos 18 aos 25 anos os moradores da união européia não  precisam pagar várias coisas, mesmo sendo estrangeiros. Só precisa comprovar a moradia fixa de longo período e a idade. Uma maravilha!

Como era de se esperar, eu subi sem pegar um mapa. Aparentemente eu tenho problemas com mapas. Andei bastante meio sem rumo e tudo ótimo, afinal é tudo interessante, mas quando comecei a perceber o zig-zag-sobe-desce-vira que aquele lugar é, fui correndo atrás de um! (Jenifer, quero fotos do César, nem venha)No começo me bati um pouco com ele, por que aquilo é realmente um labirinto, mas depois de uma hora mais ou menos comecei a entendê-lo bem. Pedi ajuda umas 5 ou 6 vezes para os funcionários (sempre tem um em cada sala). Dois deles foram curtos e grossos, mas os outros eram uns amores de pessoas. Tão adoráveis que fiquei uns 10 minutos conversando com cada um deles. Sério. Eles me deram dicas sobre os dias menos movimentados, as formas mais práticas de visitar o museu, as entradas com menos fila, os lugares que eles acham mais interessantes… Todos foram também muito enfáticos sobre a segurança, dizendo pra tomar muito cuidado com a bolsa por que o museu está cheio de ladrões disfarçados. Fiquei impressionada que os 3 falaram isso, sem eu perguntar nem nada, e falaram com aquele exagero todo. Pelo jeito a coisa é tensa.  Eles também me disseram que eu falo muito bem francês (ówn) e um deles me perguntou se por acaso eu sou super dotada. oO HAHAHAAHHAHAHAHA. Eu devia ter dito que sim.

Eu achei o museu maravilhoso e apaixonante. Eu não entendo nada de artes visuais e mesmo assim achei incrível. O prédio em si já é muito interessante, pense em quantos reis não moraram lá. Dá até torcicolo de tanto ficar olhando para os tetos, em sua maioria muito decorados. Claro que não dá pra ficar prestando a maior atenção em tudo, por que é muita coisa, e se for fazer apenas uma visita, menos ainda, por que mesmo que você só queira ver algumas coisas específicas vai ter que andar bastante indo de uma exposição à outra.

Inicialmente, meu plano era ir lá só hoje, e já tava achando suficiente passar um dia inteiro lá. No fim das contas eu decidi que quero ver tudo! Sim! Não sei se vou conseguir, mas com certeza vou lá pelo menos mais um dia. Tudo lá vale a pena e, afinal, pra mim é de graça. Se eu vier outra vez para Paris, provavelmente será apenas como turista e terei que pagar para entrar, então por que não aproveitar? Já que gostei tanto e ainda por cima nem vi as partes que mais me interessam!

Fiquei lá até as 17h00 e só nao fiquei mais por que não aguentava mais andar.

Então, em breve irei lá novamente, e dessa vez pretendo tirar pelo menos alguma foto! 😉 (não da Monalisa, prometo)

Anúncios

2 Respostas to “Paris: 5º dia – Musée du Louvre”

  1. claudia 2 de novembro de 2012 às 2:40 PM #

    Sim vc é “super dotada”! rsrsrsrsr

  2. Mariana Rovida 14 de dezembro de 2012 às 2:56 AM #

    Para tudo! Vc não é super dotada???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: