Morrocoy

30 jul

mrc5

A lista de praias que “você TEM QUE visitar” na Venezuela é bem grande, pelo menos para um país assim meio pequeno. Quando você conhece uma, lá vem uma lista nova de prais que se você não conhecer, não terá visto nada da maravilha que é a Venezuela. O ranking pode variar um pouco, mas o top 3 quase nunca muda: Los Roques, Morrocoy e Margarita. A primeira que conheci foi Margarita, mas vou contar hoje sobre Morrocoy!

Morrocoy é um parque nacional localizado no estado Falcón, a cerca de 5 horas em carro de Caracas. A querida Amel, a francesa que eu mais gosto no mundo, convidou Sofia, Yula e a mim para ir com ela e o casal de venezuelanos com os quais vive até Morrocoy. Fomos todos juntos de carro e nos divertimos muito, já que o casal Secada é muy chévere! Apesar de ainda não serem avós, nos tratavam a todas como se fossem, o que significa que nos mimavam muito. Lá também encontramos dois amigos da Yula cujos nomes não me lembro. haha 

mapa de morrocoy

Saímos de manhã cedinho e chegamos a Chichiriviche sem enfrentar nenhum congestionamento. Como Morrocoy é um conjunto de ilhas, onde não há nada mais do que as praias, é necessário se hospedar nas duas cidades mais próximas, Tucacas ou Chichiriviche. Tucacas  é bem mais próxima, enquanto Chichiriviche (tche tche re re tche!) fica a mais ou menos 40 minutos do parque. Essas cidades são muito pequenas e não têm muita infraestrutura turística, porém é possível encontrar pousadas agradáveis e  também se deslocar em ônibus.

Morrocoy se encontra num golfo que se chama Golfo Triste. ~Poxa vida~ Devido a isso, o mar simplesmente não tem ondas. Não entendo nada de geografia, e não quero falar coisas muito erradas, mas pelo que entendi, essa parte não recebe correntes de fora, fazendo com que a água se mantenha bem quentinha. O parque é constituído de várias ilhas, às quais se chega em coisas que aqui se chamam “lanchas”, mas, acredite, são só barquinhos. A ida é bem brusca e emocionante, mas nem se comparar ao que passei em Margarita, que é história para outro momento. De toda maneira, fico imaginando se uma pessoa idosa, com menos força, seria capaz de suportar as porradas que o barco dá na água. Mas, o trajeto é não só uma aventura, é também belíssimo! As cores do mar são inacreditáveis e maravilhosas!

mrc14remando no barquinho

O valor do transporte varia para cada ilha e é pago em grupo, por isso vale muito mais a pena estar com uma quantidade maior de gente. A ilha considerada mais bonita é Callo Sombrero. O ideal é chegar cedo e aproveitar o dia inteiro na ilha, para compensar o valor do transporte, que vai de 800 a 1200 bolívares. Nas ilhas há vendedores de comidas, então não é preciso se preocupar muito com isso. Uma coisa que deve ser notada é que em nenhum lugar da Venezuela você pode ter garantia de tranquilidade sonora, então é sempre bom estar de bom humor para ouvir um raggaeton.

Eu fiquei absolutamente encantada. Nunca passei tantas horas dentro do mar na minha vida. É uma piscina natural com aquecimento! Nada mais agradável! Até consegui desenvolver um pouco minhas poucas habilidades de natação. A água é super cristalina e agradabilíssima! Difícil descrever!

Para quem fica em Chichiriviche, também é possível pegar um barco aí mesmo e ir para alguma das ilhas que ficam próximas da cidade. Não são tão bonitas quanto Morrocoy, mas não ficam muito atrás.

É isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: